Recadastramento na Saúde visa melhorias no setor

Imprimir


Operação vai reduzir número de pacientes de outras cidades e priorizar o atendimento ao cidadão local; meta também é baixar o custo do sistema

A Secretaria de Saúde de Corumbataí está efetuando o recadastramento de usuários do sistema. Trabalho semelhante aconteceu há cerca de cinco anos, mas de lá para cá novos cadastros foram feitos, inchando novamente o setor.

De acordo com informações da Secretaria, até o momento existem cerca de 8.000 prontuários em arquivo, sendo que destes, 6.800 estão ativos. Considerando que a população do município estimada pelo IBGE em 2016 é de 4.045 habitantes, e que desse total nem todos estão cadastrados ou utilizam o sistema, chega-se à conclusão que aproximadamente metade dos pacientes atendidos é de fora do município.

Conforme explica a secretária municipal de saúde, Camila Zanchetta Lemes, muitos pacientes buscam utilizar a unidade de Corumbataí por ser mais eficiente, ter menos fila de espera e outros benefícios. Contudo, esses atendimentos acabam comprometendo a demanda local por conta de mais demora no agendamento de consultas e encaminhamentos, utilização de transporte, distribuição de medicamentos, exames laboratoriais, cotas de cirurgias entre outros.

 

Além disso, o custo do município fica extremamente elevado e os repasses governamentais não condizem com a realidade, visto que são feitos com base na população fixa residente.

Para se ter ideia, o município de Corumbataí vem gastando cerca de 25% de suas receitas com saúde (o obrigatório é 15%). De Janeiro a Julho deste ano foram empregados 3,35 milhões de reais na área, destes, apenas R$ 350 mil representam repasse dos governos estadual e federal, ou seja, somente cerca de 10%, os outros 90% representam investimentos da prefeitura.

O recadastramento vem ocorrendo de forma gradativa e espera-se estar completado até o final do ano. Conforme informado, as pessoas não residentes que já estavam com consulta agendada ou participavam dos programas de saúde estão sendo atendidas normalmente, mas em seguida são chamadas e informadas que deverão procurar as unidades de sua cidade de origem porque terão seu prontuário cancelado.
Também serão cancelados todos os prontuários que não tiveram nenhuma consulta nos últimos cinco anos.

Para se cadastrar o munícipe deve apresentar cópia do comprovante de residência em seu nome ou declaração do proprietário do imóvel com firma reconhecida. Esse documento não elimina a visita do agente comunitário de saúde no endereço da pessoa para comprovar a veracidade da informação.

Todos os novos prontuários cadastrados contaram com visita domiciliar dos agentes antes de serem inseridos no sistema informatizado da saúde. Nas visitas foram detectados diversos casos de pessoas não residentes.

“Esse procedimento é importante para dar mais eficiência e agilidade para os moradores de Corumbataí”, destacou a secretária Camila.

Prefeitura Municipal de Corumbataí, Rua 4, 147, Centro, CEP: 13540-000 - Corumbataí - São Paulo - Brasil - (19) 3577-9000. (C) 2013
Templates Joomla 1.7 by Wordpress themes free